Dois Córregos no Mapa do Turismo Brasileiro

Dois Córregos  passou a integrar oficialmente o Mapa do Turismo Brasileiro 2019 por meio do Programa de Regionalização do Turismo. Seu objetivo principal é o de apoiar a estruturação dos destinos, a gestão e a promoção do turismo no País.

publicidade

O Mapa é atualizado bienalmente e sua atual versão conta com 2.694 municípios, divididos em 333 regiões turísticas. Os municípios que o compõem foram indicados pelos órgãos estaduais de turismo em conjunto com as instâncias de governança regional, considerando critérios construídos com o Ministério do Turismo.

Dois Córregos integra a  macrorregião denominada Coração Paulista  e  Região Turística “Caminhos do Tietê” que compreende 10 cidades da região de Jaú.

Os municípios são categorizados em A,B,C,D e E de acordo com o desempenho de sua economia do turismo.

CAMINHOS DO TIETÊ

  1. Bariri – Categoria – D
  2. Barra Bonita – Categoria – C
  3. Bocaina – Categoria – D
  4. Dois Córregos – Categoria – D
  5. Iacanga – Categoria – D
  6. Ibitinga – Categoria – C
  7. Igaraçu do Tietê – Categoria – D
  8. Itapuí – Categoria – D
  9. Jaú – Categoria – B
  10. Mineiros do Tietê – Categoria – D

O Mapa do Turismo Brasileiro compõe de:

  • 62 municípios na Categoria A, que representa as capitais e os municípios com maior fluxo turístico, maior número estabelecimentos, empregos e arrecadação de impostos federais no setor de hospedagem;
  • 257 municípios na Categoria B;
  • 476 municípios na Categoria C;
  • 1522 municípios na Categoria D;
  • 377 municípios na Categoria E, que representa os municípios que zeraram as cinco variáveis.

A categorização pode servir para:

  • a) Otimizar a distribuição de recursos públicos;
  • b) Orientar a elaboração de políticas específicas para cada categoria de municípios;
  • c) Aperfeiçoar a gestão pública, na medida em que fornece aos gestores do Ministério e dos Estados mais um instrumento para subsidiar a tomada de decisão;
  • d) Auxiliar na atualização do Mapa do Turismo Brasileiro, que é feita periodicamente;
  • e) Auxiliar na reflexão sobre o papel de cada município no processo de desenvolvimento turístico regional.

 

Comentários
Compartilhe