Santa Casa de Dois Córregos, saiba um pouco de seus 109 anos de história

Em homenagem aos 109 anos da Santa Casa de Dois Córregos o JI ONLINE fez um apanhado de alguns fatos marcantes ocorridos nesse período

Em 25 de setembro de 1911 foi fundada, em nossa cidade, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Dois Córregos.

A reunião de fundação foi na residência do coronel Osório Pereira Garcia.

publicidade

Na ocasião o major Cesário Ribeiro de Barros  cedeu o terreno onde foi construído o prédio do hospital.

A primeira diretoria era constituída por: Coronel Osorio Pereira Garcia (presidente), o médico Gofredo Schelini, Rogério Castanho, Josino Alves de Goes, José Benjamim Teixeira de Almeida, Capitão Luiz Mendes do Amaral Gurgel e o médico Heitor Tobias de Aguiar.

No dia 25 de maio de 1913, inaugurava-se, solenemente o prédio da Santa Casa de Misericórdia de Dois Córregos, obra levada a efeito pela sua primeira diretoria.

Maria Batista de Oliveira foi uma das pessoas que muito colaborou com a construção da Santa Casa. Em 1912  doou  cinco contos de réis ( valor hoje equivalente a R$ 600 mil).

Seu retrato figurava na Galeria Nobre da Irmandade da Santa Casa, como  benemérita, porém  teria sumido.

09/01/1949 – Rosita Schelini Simões assumia a provedoria da Santa Casa, onde permaneceu por 39 anos (1949/ 1988).  fato dos mais importantes ocorrido na história da Santa Casa.

As instalações do hospital eram inda muito modestas, havia pouco além de duas enfermarias (masculina e feminina), pequena sala de curativos e sala para cirurgias.

29/09/1950 foi lançada a pedra fundamental da reforma e ampliação do prédio, obra de grande vulto.

Em 1951 foi criada a Brigada da Saúde com a finalidade de arrecadas recursos para a o hospital. Foram arrecadados Cr$703.500,00.

Equipamentos antigos utilizados no Centro Cirúrgico da Santa Casa

Neste mesmo ano,  – Apparício de Barros Fagundes e sua mulher Guyomar Vaz Fagundes, doaram ao hospital duas glebas de terras (1.600m2 e cerca de 1.000m2, respectivamente)  anexa  a área doada inicialmente por Major Cesário Ribeiro de Barros.

05/02/1956 – Sob  a liderança da provedora Rosita Schelini Simões – foi  inaugurado o novo prédio do hospital, ampliado e totalmente remodelado, a maior realização, nesse campo, de todos os tempos em Dois Córregos.  A inauguração fez parte das comemorações do 1º Centenário  de Dois Córregos.

07/12/1956 – Chega na Irmandade as Irmãs Franciscanas da Penitência, vindas de Taquaritinga. Permanceram no hospital até 28/01/1973.

Em 1962 – Foi inaugurava a Capela da Santa Casa, consagrada a Nossa Senhora Imaculada Conceição de São José.

15/05/65 – inauguração da ala moderna da maternidade.

03/02/1975 – A Santa Casa recebeu o prédio do Velório, doado pelo Lions  Clube de Dois Córregos.

01/05/1981-  Inaugurada a ala superior de mais um pavilhão, destinada ao atendimento de mulheres, erguida sobre a ala da pediatria.

05/08/1984 – Inaugurada a ala masculina.

26/10/1985:  Inaugurado o Centro Radiológico

08/08/1986 – Dona Rosita recebe o Título de Cidadã Dois-córreguense

Zilmo Furlaneto, presidente da Câmara, entrega o título de Cidadã Dois-córreguense a dona Rosita Shcelini Simões

 

26/03/88: Inaugurado o Centro Cirúrgico, composto de três salas cirúrgicas e demais dependências. O centro cirúrgico recebeu o  nome de “Rosita Schelini Simões – Excelsa Provedora”,

Dona Rosita  e o médico Guymener Schelini descerram e placa

27/02/1988 – Rosita Schelini Simões deixa a provedoria da Santa Casa.

27/02/1988 – Moacyr Alberto Gamba assume a provedoria.

19/02/89, inaugurou a ala da sala de reuniões da Provedoria e da seção de fisioterapia.

29/09/91- Pedro Alves de Lima assumiu a Provedoria da Santa Casa, em  função do falecimento do provedor

23/02/92. Pedro Alves de Lima foi eleito provedor. Durante seu mandato deu início à construção de uma ala de apartamentos diferenciados, construção que, na parte térrea, destinada a garagem para veículos.

08/05/93 –Inaugurado o Centro Obstrético

26/06/96: Gugliardo Scatimburgo assume a provedoria.

2000 – Mara Haddad Scapim assume a provedoria e se afasta em

2004 quando assumiu sua vice, Palmyra Benevenutto Zanzini.

 

19/03/2005 –  Palmyra Benevenutto Zanzini foi  eleita provedora e realizou  uma remodelação na Santa Casa12-2005 – Inaugurado o novo  Centro de Diagnóstico por Imagem com sala de ultrassonografia, mamografia, sala de gesso e consultório médico.

28/06/2008 – Inaugurada a nova ala de internações. O trabalho de construção desta ala do hospital foi iniciado por Moacyr Gamba quando provedor do hospital, no final da década de 80 e início dos anos 90.

A nova ala  tem, inclusive, dependências de descarte de materiais e depósito de roupas sujas. Possui quarto de isolamento para pacientes com doenças contagiosas.

28/06/2008 – O deputado estadual Pedro Tobias recebeu o título de Irmão Benemérito, concedido pela Mesa Diretora da Santa Casa, em face do trabalho que tem realizado em favor da instituição.

20/02/2009 – O vice-provedor Marcílio Togni assume a direção da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Dois Córregos em decorrência de a provedora Palmyra Benevenutto Zanzini e a superintendente do hospital, Mara Haddad Scapim terem sido afastadas da direção da instituição por decisão liminar da Justiça Federal de Jaú.

A decisão liminar foi proferida em Ação Civil Pública interposta pelo Ministério Público Federal. A promotoria de justiça apontou que teria havido superfaturamento dos preços e direcionamento da licitação na compra de três ambulâncias e  outros equipamentos hospitalares.

02/2010 – Marcílio Togni renunciou ao cargo de provedor. Porém continuou respondendo pela entidade

28/01/2011 – Inauguração das novas instalações e equipamentos da lavanderia do hospital.

O Provedor Marcio Togni e o médico Paulo Scatimburgo

Reinaugurado do Centro Cirúrgico do hospital, também modernizado.

01/04/2011- Carlos César Moreira Mendonça, assume a provedoria.

25/11/2011 – Santa Casa celebra 100 anos com homenagens  inaugurada a Galeria dos Provedores.

Marta Simões, filha de dona Rosita, ao lado do provedor Mendonça e do vice, Bartolo (Luiz Roberto Fernandes)
Na foto, em primeiro plano: Edson Daniel Mazzolini, secretário da mesa diretora da Santa Casa, Bartolo (Luiz Roberto Fernandes), Faraildes Guerreiro Casagrande, Marta Simões, (?) e Carlos Garcia Ler5ma

09/03/2012 – Instalação de 16 câmeras de vigilância na área interna da Santa Casa de Dois Córregos.

08/06/2012 – A Santa Casa de Dois Córregos adquiriu 10 novos equipamentos. comprado com 80 mil reais recebidos do governo federal, através do Ministério da Saúde, por meio de emenda parlamentar do deputado Luiz Carlos Gondin.

Adquiriu um aparelho de anestesia, um bisturi eletrônico, um oxímetro (aparelho para medir a quantidade de oxigênio no sangue), uma bomba de infusão (equipamento que regula o fluxo de líquidos administrados ao paciente), um capnógrafo (aparelho que monitora o dióxido de carbono e os gases e anestésicos inalados pelo paciente durante a cirurgia), um monitor cardíaco, um perfurador elétrico canulado, um desfibrilador, um aspirador cirúrgico e uma cama hospitalar tipo fawler (cama para transporte de pacientes).

13/07/2012 – Reforma da cozinha da Santa Casa. No trabalho foram empregados 100 mil reais recebidos do governo federal. O dinheiro decorrente de convênio com o através do Programa de Atenção Básica da Saúde.

09/11/2012 – Novos quartos para pacientes do SUS. Essa ala tem seis quartos com dois leitos e um quarto com quatro leitos, totalizando 18 leitos de internação clínica para adultos.

29/02/2014 – Carlos César Moreira Mendonça reeleito provedor da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Dois Córregos.

14/06/2014 – Santa Casa adquire Arco Cirúrgico, equipamento que passou a integrar o centro cirúrgico do hospital. Os recursos para a compra do equipamento foram viabilizados por doações conseguidas junto à comunidade católica da Paróquia do Divino Espírito Santo. O equipamento, importado da Alemanha, custou aproximadamente R$ 175 mil.

24/10/2014 – Instalação de 60 armários para uso dos funcionários. São 52 armários para os setores de Enfermagem e Limpeza e 8 para o Setor de Cozinha do hospital.

13/12/2014 – Santa Casa adquire um Cardiotocógrafo. O aparelho é utilizado para a monitoração pré-natal. O equipamento custou R$ 14.900,00. Parte dos recursos para a aquisição do aparelho foi doada pelo Instituto Estação das Luzes, ligado à Loja Maçônica Luzes da Virtude, de Dois Córregos.

29/03/2015 – Santa Casa desconstitui Mesa Administrativa. O mandato da diretoria terminaria em março de 2017, mas todos os integrantes da Mesa entregaram seus cargos. Provedor e Tesoureiro continuaram respondendo pela entidade.

A entrega dos cargos teria decorrido da falta de apoio dos médicos que integram o Corpo Clinico do Hospital em relação à situação econômico-financeira bem como a falta de apoio externo, inclusive da prefeitura, no repasse de recursos para manutenção do Pronto Socorro.

20/05/2015 – Assembleia para eleger a nova Mesa Administrativa e os integrantes do Conselho Fiscal da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Dois Córregos. Os eleitos vão completar o mandato da diretoria que renunciou coletivamente no dia 29 de março, cujo mandato terminará em março de 2017.

08/09/2015 – Vendaval  atingiu a Santa Casa, que ficou bastante destelhada. Os estragos maiores foram registrados do lado direito do prédio para quem o olha de frente. A maternidade ficou completamente inutilizada. O espaço do Pronto Socorro precisou ser interditado. A parte mais elevada da Capela e seu telhado também sofreram danos expressivos.                                                                                                 

26/11/2016 – Reforma da Maternidade da Santa Casa. Na foram empregados 50 mil reais repassados à instituição da conta do Fundo Social de Solidariedade e emprego de recursos conquistados em campanhas realizadas por voluntários que atuam em favor do hospital.

O trabalho também envolveu a reforma e adequação do centro cirúrgico da maternidade, inclusive com instalação de uma mini piscina para parto humanizado.

2017- Concluído  o trabalho de reforma da Maternidade da Santa Casa de Dois Córregos. A maternidade do hospital foi bastante danificada em setembro de 2015.

11/04/2017 – Antonio Ferreira de Castilho aceitou assumir a função de  provedor da Santa Casa de Misericórdia de Dois Córregos.

10/01/2019 – A prefeitura de Dois Córregos desapropriou  os três imóveis que ficam ao lado do hospital, sendo  um de 275 m²,  outro de 250 m²   e mais outro de  nº 300 m²,  perfazendo o total de 825 m². onde está edificado o velório que haviam  sido colocados a venda pela  Santa Casa.

O prefeito Ruy Favaro encaminhou, no dia anterior, (09/01),  Projeto de Lei para a Câmara Municipal que autorizava a abertura de crédito no valor de R$ 660.300,93, para aquisição, por desapropriação, dos imóveis e do  prédio do velório.

17/04/2019 – Assembleia autorizou a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Dois Córregos a rescindir o Termo de Fomento firmando com a Prefeitura de Dois Córregos. A assembleia também autorizou a Administração do Hospital a iniciar o planejamento de viabilidade da extinção ou dissolução do Hospital.

24/04/2019 – A  Irmandade da Santa da Casa de Misericórdia de Dois Córregos protocolou na Prefeitura de Dois Córregos  documento  que comunica a rescisão do Termo de Fomento firmado com o município.

15/08/2019 – O prefeito Ruy Favaro   decreta intervenção na Santa Casa de Dois Córregos, em princípio pelo período de 180 dias.

Nomeou Elaine Scarpim Nais, interventor e Ariane Renata Paulucci Ferreira para responder pela área financeira.

19/02/2020 – O prefeito Ruy Favaro, baixou decreto  que prorroga a intervenção na Santa Casa que está vigorando desde 15/08/2019.

06/06/2020 – Aquisição de diversos equipamentos e materiais  para atender aos serviços de urgência e emergência no hospital e também para o combate da COVID-19. O investimentos  foi da ordem de R$ 266.804,31,  e foram adquiridos  mais de 615 itens dentre eles 1 cardioversor desfibrilador;  4 monitores multiparâmetros;  2 ventiladores pulmonar de transporte e 2 bombas de infusão.

23/07/2020 – A Santa Casa foi beneficiada  com dois respiradores  encaminhados pelo Governo de São Paulo devido a pandemia da COVID-19 no valor de 420 mil reais.

 

Comentários
Compartilhe