A história de quem corre atrás dos seus sonhos

Sarah Black, 21 anos, nascida em Jaú, se destacada pela sua voz e gênero musical Pop e Music Black

Às vezes precisamos de incentivo para correr atrás de nossos sonhos. Nessa aventura de busca pela realização deles, sempre acabam surgindo novos desafios, e é necessário passarmos por todos eles, para então, subirmos ao pódio. Essa é a história de Sara Cristina Bebiana, mais conhecida como Sara Albano ou Sara Black, o diamante  pronto para brilhar, que abriu seus olhos em busca de suas aspirações.

publicidade

Atualmente a jovem artista de 21 anos reside em Dois Córregos. Mora com sua mãe e seu padrasto, é aluna do curso de Publicidade e Propaganda, e trabalha em uma fábrica de componentes plásticos. É evidente que desde quando era criança, Sara tinha um interesse pela música, ainda mais que seu irmão mais velho era e ainda é pagodeiro e sempre cantava e tocava no grupo dele com os amigos. Além disso, o avô paterno da jovem era sanfoneiro, então a arte de produzir música sempre esteve presente na família de Sara.

Sara acompanhava as apresentações de seu irmão, e se encantava com a música. Todos que conviviam ao seu redor a admiravam pela voz doce e suave. “Sempre cantei na escola, em casa, então as pessoas comentavam que eu cantava bem e que minha voz era bonita e afinada, então foi aí que comecei a perceber esse meu dom”, diz ela.  Depois ter esse incentivo de seus amigos e familiares, ela entrou para a aula de canto aos 11 anos e se deparou com o seu interesse artístico musical.

Quando um cantor (a) descobre esse interesse, junto a isso vem também gênero musical preferido. Não foi diferente com Sara, que sempre cresceu ouvindo Pop. “A minha vida inteira cresci ouvindo Pop, então foi e é minha referência”. Porém, além do Pop, a jovem também ama o gênero Music Black, e diz que sempre foi a sua paixão. “Esses dois gêneros representam muito minha construção vocal. Se eu tenho toda essa construção de aprendizado musical, foram ouvindo os meus ídolos desde pequena”.

E falando em ídolos musicais, adivinhe quem são eles? Segundo Sara, Tim Maia, Deise Cipriano do ‘Fat Family’, Beyoncé, Stevie Wonder, Iza, Alcione e muitos outros. Todo cantor (a) possui aquela música que ‘marca’ nossa vida. Assim como Sara, “Fim de Tarde” de ‘Fat Family’ foi a que mais marcou, pois ela se lembra de um amigo a qual sempre a ajudou e incentivou a acreditar em seus sonhos e a correr atrás deles.

Além do Pop e Music Black, a jovem diz que se for preciso, canta outros ritmos e estilos também. Ao ser questiona sobre seu objetivo para sua carreira, ela diz: “meu objetivo sempre foi ver sorrisos no rosto do meu público e vê-los felizes e sentindo a música com o coração, por estarem me ouvindo”. Todavia, Sara, além de sonhar em se apresentar no “Música Boa”, do “MultiShow”, ela também quer viajar e fazer muitos shows, ganhando mais experiências e estar sempre ajudando o próximo, tudo em razão da música.

Com 10.800 mil seguidores no Instagram, a jovem diz estar preparada para essa sua fase, e quem se interessar em conhecer o seu trabalho, é só entrar em contato com ela mesma, ou a sua produção. “Eu só quero cantar. É o que eu amo fazer. Não importa a fama ou os milhões de seguidores, eu quero estar sempre cantando”, completa a jovem. Siga agora mesmo Sara Albano no Instagram – @eusarablack – e venha descobrir esse diamante que começou a brilhar.

Comentários
Compartilhe